30/11/2011

Qual é o teu Beatle preferido?





Acabei ontem de ver o Living in a Material World, o documentário do Scorsese sobre o George Harrison. E, para quem gosta de Beatles, vale bem a pena ver. 


Devido a este documentário tenho lido muitíssimas pessoas a dizer que desde pequeninas que o seu Beatle preferido é o Harrison. É fácil perceber porquê. Era o mais espiritual, fez uma mão cheia de músicas notáveis. Era o mais novo e tal como o Ringo não era da primeira liga (Lennon, McCartney)

No entanto para mim, tirando num breve espaço temporal, nunca foi o meu favorito. Quando conheci Beatles, ainda novo, dei por mim especialmente fã do Lennon. E praticamente ao mesmo tempo que descobria Beatles descobria a discografia de Lennon a solo. E percebo porque preferia este, era o mais aparentemente revolucionário. O mais enigmático e talvez o mais mitológico dos 4 (morreu cedo e de forma violenta).

Quando me deixei de tretas, comecei a gostar por um breve período do Harrison. Não pelas tretas espirituais, mas pela música. Além de gostar do som da guitarra, o tipo ainda escreveu a Something, Here Comes the Sun e a While My Guitar Gently Weeps. (embora aqui o leitor possa descobrir uma contradição, digo que não era pelas tretas espirituais, mas escolhi 3 músicas espirituais. Nóias minhas.) E não esquecer que o tipo financiou os  Monty Python!

Nos últimos anos converti-me num McCartneyano. O tipo escreveu dezenas (centenas?) de músicas brilhantes. Aguentou com as cenas do Lennon,  uma mulher que morreu, outra que o fo***, roubou. Conseguiu fazer coisas interessantes depois de sair da banda. E mais importante, ninguém o considera o preferido e eu por norma estou sempre com os preteridos.

Sobre o Ringo... três pontos chegam? Mas simpatizo com ele, mas a Octopu's Garden não é suficiente.